Por Lauro Miquelin.

Inovação e Seleção Natural

O mundo parece estar em “modo inovação”.

Comparado com a invenção do ZERO, ninguém, em sã consciência, pode se achar inovador.

Inovador e criativo foi pastor apaixonado que viu sua ovelhinha mais querida sumir de vista numa fatídica queda do penhasco: uma hora, UM amor e, subitamente, ZERO)

Mas, há muitos anos, uma amiga querida pede para eu listar Marcos de Inovação da L+M, empresa que fundei e na qual trabalho desde 1987. Lá vai.

1990Telemedicina com o Laboratório de Sistemas Integráveis da Poli USP.
Fizemos um Demo na Exposaude que juntou, em determinado momento a “Feira da ABIMO” com os CONGRESSOS da São Camilo.
Marcelo Zuffo do Laboratório de Sistemas Integráveis e eu tínhamos carcaças 30 anos mais jovens.

Neste mesmo período, fui convidado e organizei a Curadoria de Temas do I CONGRESSO de ARQUITETURA e ENGENHARIA HOSPITALARES da São Camilo. 
Karman e depois Bross davam cursos; mas o interesse pelos temas da Arquitetura e Emgenharia Hospitalares ainda não tinham provavelmente escala para juntar gente como começou a ocorrer na década de 90.

1994 a 2016 – Hospital Contemporâneo, que virou um Laboratorio de Criação na Hospitalar, com o entusiasmado apoio de Waleska Santos e Mauro Stormovsk.
O Contemporâneo nasceu deste apoio e de uma ideia do Sérgio Decourt que me dizia – desde que o conheci em 1982 – que “tínhamos que simular um Hospital numa Exibição”.

Experiências e Temas que lançaram tendências no Contemporâneo:

– FIB – Felicidade Interna Bruta, que falava da alegria no trabalho e na vida.
– Saúde e Bem Estar nos Ciclos da Vida, com as temáticas da passagem do tempo.
– Sustentabilidade e o uso racional dos recursos da Terra, na Linha do Tempo.
– Hospitais evoluindo para Sistemas e Redes de Saúde.
– Hospitais e Metrópoles – gestão da infraestrutura e serviços.
– Design, Moda e Bem Estar: a Saúde na Passarela.
– Cuidando de quem cuida.
– Humanização e Hotelaria.
– Hospitais, aviões e navios e continuidade operacional.

Além do Contemporâneo ter criado um destino para visitantes da Hospitalar – interessados em DESIGN, CONSTRUÇÃO – criou, com gente competente da UBM e depois INFORMA, o embrião do novo espaço de FACILITIES que veio ampliar o espectro de temas de demonstrações de OPERAÇÕES.

Em 2017 mudei o endereço do Contemporâneo para a SAHE (South American Health Education).

1995
Enfermeiros, Engenheiros de Processos e Tecnólogos passaram a integrar a plataforma criativa L+M com arquitetos e engenheiros de projeto. 
Nesta fase a L+M passou a Projetar e Gerenciar a Implantação de Empreendimentos de Saúde

1998
Implantação de Núcleos GETS – Gestao de Espaços e Tecnologias – para integrar métodos e profissionais de Projetos, Obras, Manutenção e Engenharia Clínica nos Grandes Hospitais.
Zé Antônio Lima, no Samaritano SP, foi o pioneiro a chamar a L+M

2000
1a empresa de Projetos e Gerenciamento a Desenhar Manuais e Realizar Recrutamento e Capacitação de equipes de saúde, colocando tudo para funcionar.
Um hospital compacto da Unimed São Roque foi nossa primeira entrega completa.

2002
Engenharia de Valor para controlar os orçamentos DURANTE o Design.
Prática comum na indústria, transferimos os métodos para as organizações de saúde, evitando estouros e retrabalho após entregas dos Projetos; e desmontando a imagem de “maluco beleza” que os arquitetos talvez ainda tenham ….
FSFX foi a pioneira no Marcio Cunha e Márcio Cunha II

2005
1a no Brasil a verticalizar o ciclo de Design, Construção e Operação numa mesma empresa.
ALCOA foi o primeiro cliente da L+M Vertical, com duas unidades Hospitalares e Varias UBSs até 2012 em Juruti, na beira do Amazonas

2008
Projeto Apex para promover hospitais brasileiros como destino de pacientes internacionais; e Design e Engenharia Consultiva brasileiras

2010
Sistema Cubo L+M, Base BIM, 1o Sistema de Especificações, Orçamento e Controle para Obras de Saúde

2012
integração de Sistemas de Automação e Gestão Robotizada de Materiais e Medicamentos nos Projetos de Saude.

2014
CUBIN L+M SCA, provavelmente o primeiro sistema construtivo brasileiro para ambientes de saude.
Genética de construção naval, pois SCA havia trabalhado no acabamento de cabines de transatlânticos
L+M e a SCA mostraram um protótipo no Hospital Contemporâneo 2014.

2016
Design do Futuro, 1o instrumento de gestão a integrar ao tradicional Plano Diretor de Espaços um Plano de Ação e Orçamento para Melhoria Continua de Processos, Tecnologias e Quadro de Pessoal.
J Cleber Nascimento Costa foi o pioneiro no Hospital UDI, recentemente adquirido pela D’Or São Luiz

2017
Capacitação via Conteúdos Digitais e Games para Médicos, Enfermagem e Bata Verde Facilities.
Associação com Marcelo Boeger
Einstein, HCOR e Hospital Santo Antônio em Barbalha – Ceara, foram os pioneiros .

2018
Atores no Hospital Contemporâneo na SAHE, para demonstração de Processos, Atitudes e seus impactos na Segurança e Custos.
Passamos a demonstrar os arrastos e ou fluidez aerodinâmica que o desempenho de Espaços e Tecnologias tem. sobre a segurança, experiência e custos do Atendimento

2018
Inventamos e começamos a usar algo que parecia bom mas ainda sem serventia precisa: Visualização 3D de Processos. 
Logo percebemos que poderíamos usar para testar eficiência dos layout: 
– Encontros “usuários x atendimento”
– Capacidade Instalada
– Necessidade de Quadro de Pessoal
– Custos e Despesas Operacionais

2019
LEAN 5.0
Felizmente, a metodologia LEAN chegou na saúde após tantos anos na Indústria.
Mas fomos percebendo, nos últimos 20 anos, que uma das grandes dificuldades da eliminação de desperdícios e gargalos e gorduras nos processos é a COMPREENSÃO e PERCEPÇÃO dos personagens sobre os processos.

Criamos então algo simples: usando um VISUALIZADOR 3D, passamos a acelerar a percepção dos protagonistas sobre suas próprias entregas e pontos de encontro com os clientes – demais trabalhadores da organização, pacientes, acompanhantes…

A melhoria de processos usando Visualização 3D de Processos permite “que os protagonistas COMPREENDAM muito mais rapidamente – do que usando abstrações e “papeizinhos” – o que fazem e o que poderiam fazer.

Facilita a alimentação de Simuladores de Quadro de Pessoal, os cálculos de CUSTOS por processos e o Re-Design de Serviços.

Há outros produtos e serviços em prototipagem.
Logo divulgaremos Resultados.