Por Lauro Miquelin.

Edifício escondido no Design.

“as pessoas não querem comprar uma broca de 1/4″; elas querem um furo de 1/4” (Theodore Levitt).

Você testa a serventia de uma broca quando a tira da embalagem.
Testar a do Design – revelar o edifício escondido num Futuro Sonhado – não é tão simples: ha ciclos, linguagem de signos e desenhos.
Os ciclos incluem o da própria produção do Design, orçamento e construção do Edifício, instalação de equipamentos; e principalmente quando tudo está pronto e funcionando.

Há um obstáculo adicional na era do pau do self: valorização narcisista do criador e sua criação. Designers e engenheiros encantam-se com seus projetos e obras, médicos com suas técnicas e saberes, inovadores com suas inovações, Informáticos com zeros e uns.

O homem saiu das cavernas e passou a construir abrigo para o fogo (que mantinha os humanos quentinhos e longe da guela dos animais que comiam carne humana mal passada; e ainda criava clima pra dançar quadrilha e namorar).

Edifícios contemporâneos de saúde tem serventias um pouco mais sofisticadas.
Mas no final, as respostas que procuramos nos desenhos bonitos e maquetes 3D sao as mesmas que buscávamos há 10 mil anos nos Projetos rabiscados nas paredes das cavernas: o edifício escondido no Design vai mesmo funcionar?